O Portal do Aviador reúne sites e muito conteúdo relacionados à aviação. Notícias, anúncios e cobertura de eventos aeronauticos.

Aviação Comercial Comunicado Cursos e Formação Notícias

Republic Airways cria escola de aviação própria

Compartilhe
, / 347

A Republic Airways, empresa aérea regional dos Estados Unidos, anunciou a criação de uma escola de aviação para treinamento de seus futuros pilotos de linha aérea.

A companhia anunciou parceria com a Vincennes University para que seus alunos possam fazer parte do quadro de funcionários da linha aérea regional.

Segundo anúncio, os futuros pilotos ingressarão no LIFT (Leadership In Flight Training) Academy desenvolvido pela própria empresa em Indianápolis.

Os principais objetivos da iniciativa são formar pilotos especializados em operações comerciais, com treinamento de alta qualidade e segurança, reduzir os custos da formação dos mesmos e aumentar a quantidade de pilotos no mercado, dificuldade enfrentada pelo país, bem diferente da nossa situação.

Os custos para a formação aproximam-se dos US$ 65.000 que compreendem a formação de Piloto Privado, Piloto Comercial, treinamentos em simulador, diploma da Vincennes University e a garantia de voar como piloto da Republic Airlines, caso aprovado satisfatoriamente e mediante programas de patrocínio ou financiamento por parte do piloto, condição muito comum nos EUA, Europa e Ásia.

Para formar os pilotos, serão utilizados simuladores e aeronaves da Diamond Aircraft, no caso os modelos DA40 (Monomotor/IFR) e DA42 (Bimotor/IFR), para os treinamentos práticos de voo.

Diamond DA40 - Fonte: Plane and Pilot Magazine       

Claramente a aviação brasileira pensa de outra maneira em relação à formação. O exemplo da Republic Airways já é comum em diversos países e geralmente aplicado por grandes companhias aéreas, como a Emirates.

Não é possível afirmar que essa seria a solução para aumentar a qualidade da formação aeronáutica brasileira e consequentemente estimular a formação de novos e melhores pilotos, mas não podemos descartar a ideia. Temos grandes empresas aéreas, grandes escolas de aviação, grandes universidades e grande população, ou seja, as mesmas condições dos países que aplicam essa técnica.

Dessa maneira as companhias poderão acompanhar de perto como seu piloto é formado, anexando ao mesmo seus padrões de qualidade e procedimentos, o que tende à reduzir inconformidades e aumenta a segurança de voo e qualidade das operações.

Fonte: https://www.flyingmag.com/republic-airways-launches-flight-training-academy

Por:  Carlos Eduardo Damasceno

Gostaria de receber mais detalhes:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Sua mensagem