O Portal do Aviador reúne sites e muito conteúdo relacionados à aviação. Notícias, anúncios e cobertura de eventos aeronauticos.

Aviação Comercial

Azul confirma aquisição do A320neo para 2016

Compartilhe
, / 1352
Configurados para 174 assentos, companhia aposta no aumento da oferta para longas distâncias
Pedro Rosas
Portal do Aviador



A Azul Linhas Aéreas Brasileiras terá um novo modelo de aeronave em sua frota a partir de 2016: trata-se do Airbus A320neo. A companhia pretende utilizar os novos aviões para aumentar sua oferta de assentos em rotas de longas distâncias e de alta demanda de clientes. Os A320neo serão configurados com capacidade para 174 assentos e equipados com a nova geração de motores CFM International LEAP-1A. O acordo prevê a introdução de 63 aviões, dos quais 35 serão adquiridos pela Azul e os outros 28 serão por meio de leasing com as empresas AerCap (20 unidades) e GECAS (8 unidades). Todas as aeronaves serão gradativamente introduzidas à frota da companhia entre 2016 e 2023.


“Os A320neo serão um perfeito complemento à nossa frota de jatos Embraer e ATR. Avaliamos os aviões da Boeing, que tem opções na mesma categoria, mas optamos pela Airbus pelo conforto e pelos custos operacionais, o que nos permite oferecer tarifas mais competitivas. Os A320neo consumem até 20% menos combustível por assento/km em relação ao modelo atual. Eles contarão com o já consagrado Espaço Azul e serão equipados com assentos slimline e TV ao vivo. Além disso, os banheiros do novo modelo foram reposicionados e conferem maior espaço à cabine”, afirma David Neeleman, fundador e CEO da Azul. “Poderemos, ainda, dedicar mais espaço ao transporte de cargas”, completou.

 “Estamos muito satisfeitos pela Azul ter reconhecido a importância da operação do A320neo em aeroportos de grande movimento no país. Esse acordo destaca a posição de liderança dos A320neo no mercado de aeronaves de corredor único”, diz John Leahy, COO para clientes da Airbus. “A Azul é uma das companhias aéreas mais dinâmicas e que mais crescem na América do Sul”, diz Aengus Kelly, CEO da AerCap. “Com a chegada dos A320neo, a Azul contará com operações desde os voos regionais até os voos de longo curso”, afirma Antonoaldo Neves, presidente da Azul.

Terceira maior empresa aérea do país, a Azul detém 16,7% do mercado e possui base em Campinas. A empresa havia montado, num primeiro momento, seu crescimento baseado na expansão do mercado regional, mas o plano foi engavetado junto à aprovação do plano de aviação regional pelo Congresso na semana passada. O plano, enviado pelo governo ao Congresso por meio de Medida Provisória, previa subsídios de passagens para viabilizar voos para cidades do interior. Mas a MP não foi aprovada e expirou no dia 24 de novembro.
Video da Airbus sobre o A320neo: