O Portal do Aviador reúne sites e muito conteúdo relacionados à aviação. Notícias, anúncios e cobertura de eventos aeronauticos.

Cultura Aeronáutica

Brasileiro é o mais jovem a dar a volta ao mundo em um monomotor.

Compartilhe
, / 1588

11 países percorridos num total de 122 horas de voo.

No dia 1º de setembro, o brasileiro Walter Toledo, pousou no Aeroporto dos Amarais em Campinas para completar com chave de ouro a sua missão.

Em  Miami, no dia 25 de agosto de 2012 com 20 anos de idade, o comandante Walter concluiu com êxito a sua volta ao mundo sagrando-se como o piloto mais jovem do nosso planeta a realizar esse desafio a bordo de um monomotor.
Embora tenha decolado de Campinas no dia 03 de julho, a contagem para o recorde só começou a partir da cidade de Miami, isso porque a organização responsável pela verificação dos recordes exige que na travessia sejam percorridos todos os meridianos da Terra. A viagem levou 45 dias (Miami a Miami).

Além de tornar-se o piloto mais jovem a completar a volta ao mundo, Toledo também o fez em menos tempo que o atual recorde, que é de 97 dias. Outra conquista do piloto foi tornar-se o primeiro piloto a atravessar uma grande parte do território russo em um monomotor.
Um dos pontos mais difíceis da viagem foi conseguir autorizações para abastecer com gasolina de aviação nos aeroportos russos. A legislação do país não permite a comercialização do combustível utilizado em aviões executivos, por isso foi necessário uma série de articulações com autoridades de Moscou para conseguir uma exceção. Contabilizando todas as 36 paradas para abastecimento foram consumidos 8540 litros de combustível durante toda a viagem.
Intitulada “Brasil Voando Alto”, a expedição foi uma iniciativa de superação, coragem e ousadia, ancorada pelo sentimento de “brasilidade”. Com essa viagem Walter Toledo pretende motivar os jovens a superarem seus próprios limites e também mostrar ao mundo o potencial do Brasil e do povo brasileiro. Para Toledo completar essa viagem é uma realização do país.

“Esse é um recorde mundial que não me pertence. Esse recorde é do Brasil. O piloto não é o Walter, o piloto é brasileiro”, completa. 

Fonte: http://www.brasilvoandoalto.com.br/


Link para compra do livroWebsite Brasil Voando AltoFacebook Brasil Voando Alto