O Portal do Aviador reúne sites e muito conteúdo relacionados à aviação. Notícias, anúncios e cobertura de eventos aeronauticos.

Aviação Executiva

Gulfstream inaugura centro para jatos executivos em Sorocaba

Compartilhe
, / 1372

A fabricante norte-americana Gulfstream Aerospace Corp, inaugurou seu novo centro de serviços no aeroporto Bertram Luiz Leupolz, em Sorocaba.

Pedro Rosas
Portal do Aviador
ainonline.com

A fabricante norte-americana Gulfstream Aerospace Corp, inaugurou seu novo centro de serviços no aeroporto Bertram Luiz Leupolz, em Sorocaba. Batizado como Gulfstream Brazil, a nova unidade tem capacidade para acomodar quatro jatos de cabine grande e três de cabine média. O centro possui escritórios para clientes e depósito de peças para manutenção. A licitação para instalação da torre de controle deve ser feita até o fim deste ano, confirmou o órgão.

Embora a Gulfstream já contasse com um hangar em Sorocaba desde 2009, o aeroporto ainda não dispunha dos serviços de manutenção, controle de qualidade e financeiro. O novo hangar possui quase 4.000 metros quadrados de construção, com prédio auxiliar e depósito de peças. O estoque conta com US$ 8 milhões em peças para manutenção, uma equipe de 20 funcionários e mais 11 terceirizados.

O vice-presidente regional de vendas para a América Latina, Fábio Rebello, explica o investimento da Gulfstream, dizendo que “a frota brasileira praticamente triplicou nos últimos cinco anos”.Já a opção pelo aeroporto foi explicada por Adriano Andrade, gerente do centro de serviços. “Sorocaba fica a 97 km de São Paulo. O campo de pouso do aeroporto é um dos melhores do país e raramente fecha ou tem problemas de chuva com nuvem”.

Internacionalização do aeroporto

Antonio Carlos Pannunzio, prefeito da cidade, assegurou, durante a cerimônia de abertura, a instalação de uma torre de controle, novos equipamentos de segurança, expansão da pista de pouso e decolagem. Em seguida ressaltou que, a partir desses investimentos, a luta deverá ser pela instalação de escritórios da Receita Federal e da Anvisa, aquisições necessárias para a internacionalização do aeroporto.

Zaqueu Proença


Segundo Anderson Oliveira, do jornal Cruzeiro do Sul, de Sorocaba, o Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (DAESP) confirma os investimentos. Sobre a internacionalização do aeroporto, porém, informa que a Receita Federal negou o pedido, mas que um novo ofício já foi encaminhado ao ministro Moreira Franco, solicitando o apoio da Secretaria de Aviação Civil. Em relação à implantação da torre de controle, o DAESP esclarece que a licitação deve ocorrer até o final de 2014. Além da Gulfstream, a Embraer e a Dassalt Falcon também possuem seus centros de serviços no local, consolidando a cidade como um dos polos de manutenção da aviação executiva no país.