O Portal do Aviador reúne sites e muito conteúdo relacionados à aviação. Notícias, anúncios e cobertura de eventos aeronauticos.

Aviação Militar

KC-390 desafia Super Hercules na Suécia

Comandante da força aérea sueca disse que o KC-390 é um possível substituto das aeronaves Hercules em serviço no país, segundo jornal sueco
Compartilhe
, / 1679

KC-390-em-voo-foto-Embraer

Reportagem publicada pelo semanário sueco NyTeknik, no dia 18 de fevereiro, diz que o novo jato de transporte militar KC-390 da brasileira Embraer está desafiando o C-130J Super Hercules, da americana Lockheed Martin, como possível substituto da frota de aviões Hercules em serviço na Força Aérea Sueca. O NyTeknik publicou a declaração do comandante da força, major-general Micael Bydén, de que “se ele cumprir o que promete, é um possível substituto para nossos aviões.”

C-130-H-reabastecedor-TP-84-foto-Forças-Armadas-da-SuéciaA Suécia é operadora do C-130 Hercules, localmente designado TP 84, desde 1965. Hoje a frota das forças armadas do país é composta de seis exemplares, que estão envelhecendo. Cinco deles são do tipo C-130 H2, utilizados em missões de transporte. Recebidos em 1981, já somam 34 anos de operação. Já o sexto avião é bem mais velho: trata-se de um C-130 E2 recebido em 1969 e que foi modificado para o padrão H2.

KC-390-em-voo-foto-2-EmbraerA Suécia planeja, segundo relatório de Defesa divulgado no ano passado, adquirir quatro novos aviões de transporte “no longo prazo”, capazes de operar tanto no país quanto no gerenciamento de crises no exterior. Segundo Bydén, a decisão consiste em “implementar uma modernização maior e mais fundamental ou procurar por substitutos.”

A frota atual precisaria incorporar aviônicos modernos (instrumentos, sistemas de navegação e de comunicação), para que atendam às novas regulamentações da aviação civil, assim como o uso de sistemas de visão noturna. Como alternativa está a compra de novos aviões, sendo os melhores candidatos o KC-390 da Embraer e o C-130J da Lockheed Martin.

Especula-se que o preço unitário do KC-390 é de 50 milhões de dólares. A aeronave tem hoje 28 encomendas do Brasil, e as atuais intenções de compras de outros países elevam esse total para 60 exemplares. Já o Super Hercules é um avião mais comprovado, porém mais caro, segundo o jornal. Seu preço unitário é cotado em 66 milhões de dólares, embora valores maiores tenham sido mencionados na mídia.

C-130J-foto-Lockheed-MartinO primeiro voo do C-130J se deu em 1996, com entrada em operação na Força Aérea dos EUA em 1999, havendo diferentes variantes. Comparado aos modelos anteriores, o Super Hercules ascende mais rápido, voa mais alto, mais longe e a uma velocidade maior, podendo utilizar pistas menores.

Perguntado se não seria mais fácil aos pilotos suecos continuarem voando com o Hercules, o comandante Byden respondeu: “Minha opinião é que não será necessário mais treinamento no KC-390 do que no C-130J. Ambos são substancialmente tão diferentes dos atuais TP 84 (os Hercules em uso na Suécia) em desempenho e instrumentação que as necessidades de treinamento são comparáveis, independentemente da escolha”.

NyTeknik / Pedro Rosas / Poder Aéreo