O Portal do Aviador reúne sites e muito conteúdo relacionados à aviação. Notícias, anúncios e cobertura de eventos aeronauticos.

Comunicado

,

Esquadrilha da Fumaça A29 (2)

O Esquadrão de Demonstração Aérea, conhecido como “Esquadrilha da Fumaça”, está de volta.  Após dois anos de treinamentos com as novas aeronaves A-29 Super Tucano, o show aéreo com sete aeronaves voltou a encantar o público.  A reestreia aconteceu em Pirassununga (SP) no dia 03 de julho, logo após a cerimônia de entrega de espadins aos cadetes do primeiro ano da Academia da Força Aérea.

EDA – No dia 14 de maio de 2015, a Esquadrilha completou 63 anos. Neste período, quase quatro mil apresentações aéreas foram realizadas no Brasil e em mais de 20 países. O Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) é uma das instituições que mais representam a imagem institucional da Força Aérea Brasileira (FAB) em âmbitos nacional e internacional.

Próximas apresentações – A agenda da Esquadrilha da Fumaça já tem apresentações confirmadas. A primeira demonstração pública será em Maringá (PR) em 12/0, durante a EAB 2015.  Os fumaceiros também estarão no evento Portões Abertos da Academia da Força Aérea, em Pirassununga, no dia 16 de agosto.

Assista ao vídeo:

 

Fonte: Agência Força Aérea

 

,

A Embraer vai transferir a produção do jato executivo Phenom do Brasil para sua fábrica nos Estados Unidos a partir de 2016, informou nesta segunda-feira o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, citando reunião com a empresa realizada na sexta-feira.

Segundo comunicado da entidade, a mudança da produção parte de estratégia de mercado da empresa e de projeto de ampliação de espaço físico de fábrica da Embraer em São José dos Campos, no interior de São Paulo.

Representantes da Embraer não puderam comentar o assunto de imediato. O sindicato informou que o setor que produz o modelo movimenta atualmente cerca de 1.500 trabalhadores, direta e indiretamente.

Em 2014, a Embraer entregou 116 aviões executivos, dos quais 92 de modelos de pequeno porte que incluem a família Phenom, de um total de 208 aviões enviados a clientes durante todo o ano.

O sindicato afirmou que vai iniciar uma campanha contra a “desnacionalização” dos aviões Phenom – por afetar o nível de emprego no setor aeronáutico.

Reuters
,

concurso-aeronautica-nivel-medioA Academia da Força Aérea da Aeronáutica abriu inscrições para o Curso de Oficiais Aviadores, Intendentes e de Infantaria. As inscrições podem ser feitas via internet até 18 de maio. São oferecidas 58 vagas para a especialidade de Aviação, 25 para Intendência e 15 para Infantaria.

Podem participar do processo seletivo jovens acima de e 17 anos até 23 anos (desde que não completem a referida idade até 31 de dezembro de 2016). A taxa de inscrição é de R$ 70.

O processo seletivo é composto por provas escritas (Português, Física, Matemática, Inglês e Redação), inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de aptidão à pilotagem militar (somente para os candidatos que optarem pela especialidade de aviação e obtiverem a menção “apto” na inspeção de saúde e no exame de aptidão psicológica), teste de avaliação do condicionamento físico e validação documental.

As provas escritas ocorrerão no dia 26 de julho de 2015, nas localidades de Belém (PA), Recife (PE), Salvador (BA), Natal (RN), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Barbacena (MG), São Paulo (SP), Curitiba (PR), Campo Grande (MS), Pirassununga (SP), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Manaus (AM), Porto Velho (RO) e Boa Vista (RR). Após a conclusão do curso, o aluno será nomeado aspirante a oficial. A remuneração inicial do aspirante é de R$ 7.027,50.

As inscrições para aviador, intendente e de infantaria serão feitas através do link: http://fab.mil.br/concursos

Átila Varela | Jornal de Hoje
,

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) planeja realizar um novo concurso público em 2015. A liberação do edital ainda depende de um aval do MPGO (Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão), que prossegue analisando o pedido de pelo menos 534 vagas, com salários que podem variar de R$5.791,25 a R$11.776,90, além do auxílio-alimentação no valor mensal de R$ 373.

Os cargos postos em disputa serão os seguintes: técnico administrativo (31 vagas), técnico em regulação de aviação civil (138 vagas), analista administrativo (83 vagas) e especialista em regulação civil (282 vagas) o requisito para candidatura será o de ter nível superior completo em qualquer área, devendo ser exigido cursos complementares específicos aos candidatos a especialista.

O último concurso da Anac, realizado em 2012 e organizado pelo CESPE/UnB, foi constituído por provas objetivas, prova discursiva e avaliação de títulos (1ª etapa). Os candidatos ao cargo de Especialista em Regulação de Aviação Civil (aprovados na 1ª etapa) fizeram ainda o Curso de Formação, ministrado em Brasília (2ª etapa).

Pedro Rosas PortaldoAviador.com
,

O programa de instrução para recheque mudou também: conforme a IS 061-005A, (páginas 3 a 7), o candidato precisa no mínimo de:

-1h de voo local (turbo-hélice e jato)
-1,4h de voo em rota (turbo-helice) ou 3h de voo em rota (jato)

Esta instrução (solo e voo) tem que ter menos de 6 meses.

Pela IS, estas instruções precisam ser lançadas na CIV papel mas ainda estamos confirmando essa informação.

Cuidado, pois o não cumprimento destas exigências leva o processo a ser indeferido e a ANAC pede um outro recheque.

Abaixo reproduzimos trecho do artigo 61.215 e link para a IS 061-005A:

61.215 Revalidação de habilitação de tipo

(a) Para revalidar uma habilitação de tipo, o requerente deve:
(1) ter concluído, com aproveitamento, nos 6 (seis) meses anteriores ao exame de proficiência, treinamento de solo e de voo para a revalidação da habilitação referente ao tipo da aeronave requerida; e

(2) ser aprovado em exame de proficiência realizado em conformidade com o parágrafo 61.213(a)(4) deste Regulamento;

(c) Caso não exista, até a data em que o candidato iniciar o treinamento para revalidação, CTAC, escola de aviação civil ou aeroclube certificado ou validado pela ANAC para ministrá-lo, esse treinamento poderá ser ministrado por um PC ou PLA habilitado e qualificado na aeronave. O treinamento deverá, nesse caso, incluir, no mínimo, 20% (vinte por cento) das horas de voo previstas nos parágrafos 61.213(a)(3)(iii)(A) ou 61.213(a)(3)(iii)(B), conforme aplicável.

(c)-I Para os candidatos que iniciarem o treinamento de voo até 12 de novembro de 2015, a revalidação poderá ser feita com o treinamento previsto no parágrafo 61.215(c), ainda que exista CTAC, escola de aviação civil ou aeroclube certificado ou validado para o tipo. (Incluído pela Resolução no 347, de 10 de novembro de 2014)

IS 061-005A

O PortaldoAviador.com recebeu essa informação da Sierra Bravo Aviation Escola de Aviação